segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

"Mas a vida é assim, imprevisível e incontrolável, 
e talvez por isso tão bonita."  

[Cristina Sánchez in O livro de Julieta]

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Imagina que tédio todo mundo com o mesmo ponto de vista. Sorrindo das mesmas coisas, sentindo do mesmo modo. 

Tudo previsível demais. Tudo cronometrado. Demasiadamente chato. 
Imagina que sem graça. Você pensa, eu concordo, e ficamos porisso mesmo. E sempre o mesmo. Que marasmo. 
Prefiro saber que existem outros ângulos. Melhor é conhecer outros pontos de vista. 

[...]

Meu relógio e o seu marcariam o mesmo horário, mas nosso "time" seria outro. Estaríamos debaixo do mesmo céu, mas não necessariamente o dia seria o mesmo pra nós dois.
E vamos combinar: como é agradável não se reconhecer no outro de vez em quando. Como é interessante se surpreender e descobrir coisas que a gente nem imaginava. 
Conviver é uma arte e, diferente do que a maioria pinta, a beleza existe porque nem tudo na vida é reflexo da nossa própria imagem. 

[Fernanda Gaona]

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Fiquei velha da noite para o dia. Assim, como adormecer certa vez e acordar em outra década. De repente, me doíam as dores do mundo ...

Muita coisa que eu ouvia e parecia algo tão distante, totalmente irreal, passava a se encaixar nesse quebra-cabeça de mundo caduco. Onde eu morei nas últimas décadas? 

Me causava espanto a frieza do ser humano e os absurdos do dia a dia já não passavam despercebidos como antes. Como seria voltar no tempo e continuar amparada pela inocência? Então, o pacote de cuidar do próprio nariz incluía também descuidar da cuca? Quem disse que eu quero abrir mão das minhas ilusões... 

O mundo enlouqueceu, mas eu me recuso a entrar nessa roda. O lado de fora pode ter poucos adeptos, mas pessoas com as mesmas convicções sempre se encontram e acabam formando outra roda. 

Enquanto isso, dia após dia, entre uma notícia e outra, me permito ler um poema. Entre um absurdo e outro, resgato uma lembrança. Entre um não e outro, me preparo para o próximo sim. 

Vivo profundamente esses intervalos. É neles que respiro, suspiro, me viro para voltar àquela noite e sonhar longe de qualquer interferência.

[Fernanda Gaona]
img: Emily Blunt

Amar é mais que isso


é fácil amar quando tudo dá certo
amanhã é sábado
filme bom no cinema 

é fácil ficar junto quando tá aqui do lado 
nem preciso chamar 
esforço pra quê? 

é fácil dizer "é o amor da vida" quando pra tudo é sim
o outro só cede
é sempre cedo, sempre posso pedir

é fácil insistir quando o retorno é garantido
leve 1 ganhe tudo 
capitalismo afetivo

é fácil esquecer o passado quando o futuro é "seguro"
presente? nem ligo 
felicidade é garantir o meu

amar assim é mesmo fácil 
talvez, por isso, 
eu não abra mão da força de um amor difícil

[Fernanda Gaona]

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Supere isso

"O problema é quando penso em todos os problemas ao mesmo tempo. A vontade é morrer. Sumir. Enlouquecer. Todos os problemas falando ao mesmo tempo e não me escuto mais. Os problemas nunca desaparecem, só que eles não podem existir mais do que você. Não podem viver em bando. Disperse a multidão dos problemas. Não deixe que um problema se torne amigo de um novo problema. Fale com eles sempre individualmente. Se você vive reclamando ou criticando, sua casa está cheia de problemas. Reclamar é quando o problema fala por você. Criticar é quando você fala pelo problema. O certo é pensar num problema de cada vez e ir resolvendo. E ir abrindo a porta para se despedir dele. Depois que um problema sai, outro problema entra. Problema é visita."
[Fabrício Carpinejar]
Img: Nina Dobrev

;;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates