segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

"Um novo começo de era, com gente fina, elegante e sincera. O que mais se pode querer? Gente fina não esnoba, não humilha, não trapaceia, não compete e, como o próprio nome diz, não engrossa. Não veio ao mundo pra colocar areia no projeto dos outros. Ela não pesa, mesmo sendo gorda, e não é leviana, mesmo sendo magra. Gente fina é que tinha que virar tendência. Porque, colocando na balança, é quem faz a diferença."

[Martha Medeiros]


O encanto do livros



"Uma das coisas que amo nos livros é que eles conseguem definir e condensar certos momentos da vida de um personagem em capítulos. É intrigante, pois na vida real é impossível fazer isso. Não dá para terminar um capítulo, pular as coisas pelas quais a pessoa não quer passar e simplesmente começar um capítulo que melhor se encaixa com sua vontade. A vida não pode ser dividida em capítulos… só em minutos.
Os acontecimentos da vida de uma pessoa estão todos aglomerados um minuto após o outro, sem nenhum intervalo de tempo, páginas em branco ou pausas de capítulo, porque não importa o que aconteça, a vida simplesmente continua, segue em frente, as palavras são ditas, e as verdades sempre surgem, quer você queira ou não, e a vida nunca deixa você fazer uma pausa apenas para recuperar a porra do fôlego."



[Colleen Hoover in Um caso perdido]
Emilie de Ravin in Once Upon a Time

"E eu tenho esta vida que é toda minha. Absolutamente sob minha responsabilidade. E quando eu erro, às vezes, acabo acertando. Às vezes, termino arrependida. Mas eu tento, sempre tento. E avanço mesmo quando isto significa dar uma pausa e esperar. O tempo certo é o tempo do tempo mesmo. O que é melhor nem sempre é o que se anseia avidamente. Felicidade é uma bestagem dessas: matar saudade, matar a fome com aquilo que se tem vontade, perder o medo, conquistar um amigo, encontrar um amor, mas estar totalmente inteiro no lugar que se escolheu. E querer bem: a si, ao Outro, ao Mundo... Um bem-querer que inunda tudo. E sossegar nossas paixões para, quando tivermos de lançar mão delas, nos mover com voracidade em direção àquilo que se quer, porque é justo e merecido.

E sempre recebo uma boa notícia: um bocado de alegria inusitada que só poderia ser minha porque eu tenho esta vida onde eu vivo inteira. Esta é minha riqueza. E quem cuida dela sou eu: me estabaco, me iludo, me machuco, erro, acerto, amo demasiado, tenho ímpetos de fúria, fomes de solitude, vontades insaciáveis de mato, água doce e salgada, sol e chuva. Eu tenho apetite de sonhos novos. E escrevo, escrevo, escrevo sobre a dor ou sobre a saudade, mas sempre tentando viver e imprimir nas palavras, afeto, esperança, sobriedade.

Eu vivo em pleno estado de GRATIDÃO.

Desejo boas notícias."


[Marla de Queiroz]

"(...) Quando estamos num turbilhão emocional, as imagens turvas pedem anestesias e a gente acha que obtém algum controle sobre as coisas pensando que podemos deixar pra cuidar da nossa vida amanhã. Mas à medida que protelamos nossa transformação, à medida que adiamos nossa mudança, adiamos também uma forma nova de sentir outras alegrias. E fechamos os olhos pra quem está ao lado, ou banalizamos um possível encontro que poderia desencadear uma história mais bonita.Ter a felicidade como um propósito, é a coisa mais difícil que conheço. Estamos sempre fugindo de nós mesmos e nos julgamos espertos demais com a porção de pequenas mentiras que nos inventamos. Mas a angústia que vem disso não nos deixa esquecer que só estamos adiando um processo precioso e delicado demais já que podemos continuar nos anestesiando. É preciso estar pronto, mas estar pronto também é transitório. E é preciso lucidez e coragem pra enfrentar o nosso pior inimigo: nós mesmos. Admitir que estamos nos fazendo mal com alguns hábitos ou relacionamentos destrutivos é assustador. E muitas vezes a sensação de impotência é o que impera. Somos imediatistas demais e não queremos sentir dor. Camuflamos nossa infelicidade da forma mais adequada que podemos e passamos boa parte da vida sendo quem não somos. Por isso sempre aquela sensação de que alguma coisa está fora do lugar... "

[Marla de Queiroz]
Kirsten Dunst in Maria Antonieta

"Descobri que as pessoas são compostas de camadas, e mais camadas de segredos. Você pode achar que as conhece, que as entende, mas seus motivos estão sempre ocultos, enterrados em seus próprios corações. Você nunca as conhecerá de verdade, mas às vezes decide confiar nelas."

[Veronica Roth in Insurgente]
 Bradley Cooper e Jennifer Lawrence in O lado bom da vida

“Agora que o real e o imaginário haviam colidido, imaginava se ela, como ele, sentia saudades do passado, do normal. Imaginou se a normalidade serial algo como a visão ou o silêncio, que não se percebe ser algo precioso até que se perca.”.

[Cassandra Claire in Cidade dos Anjos Caídos]
Img: Lilly Collins

Seus lábios, molhados, encontraram os meus, queimando. Senti suas mãos se agarrarem às minhas costas, como se ele fosse desmoronar se nos afastássemos. Apesar do barulho da chuva, o mundo todo parecia em silêncio.[...] não havia pele, espaço, tempo suficiente.

[Kiera Cass in A Escolha]

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

"Como havia sentido falta desses beijos, tão serenos, tão certos. Eu sabia que em toda minha vida, se me casasse ... com outra pessoa, ninguém me faria sentir assim. Não era como se minha presença fizesse o mundo dele mais feliz. A sensação que eu tinha era de ser o mundo dele. Não havia explosões. Não havia fogos de artifício. Era uma chama lenta queimando de dentro pra fora.

[Kiera Cass in A Elite]

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

""Seu toque me revelava tantas coisas. Eu sabia que aquilo era real, que estava acontecendo, que eu podia acreditar.... Porque então eu era dele. Eu sabia. Nunca estive tão certa. Pela primeira vez eu via. Via o corredor, os convidados se levantando...Graças àquele toque, tudo fazia sentido."

[Kiera Cass in A Elite]

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

"A certeza não existe, nem a perfeita verdade. 
Mas sempre nos resta a fé, 
que nos faz confiar no impossível. 
o impossível, com frequência, se torna concreto."

[Eduardo Spohr in A Batalha do Apocalipse]
Img: Filme A Origem

"Aprenda a amar o momento em que você está. Valorize suas experiências, pois momentos preciosos passam muito rapidamente por você e se você está sempre correndo em direção ao futuro, ou com saudades do passado, você vai esquecer-se de desfrutar e apreciar o presente."

[Colleen Houck in O Destino do Tigre, série Tiger's Curse ou A Maldição do Tigre]

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

O que prevalece agora é essa 
maneira nova de sentir a vida.
Essa perspectiva que me faz admirar,
 incansáveis vezes, antigas preciosidades.
Essa vontade de bendizer tantas maravilhas.
Esse sentimento de gratidão pelas 
coisas mais simples que existem.
Esse jeito mais amigo de ouvir meu coração.
O que prevalece agora é essa 
apreciação mais desperta,
que me permite reinaugurar flores e céus 
e pessoas no meu olhar.
Essa graça que encontro, de graça, 
nos detalhes mais singelos.
O que prevalece agora é a confortável suposição 
de que, por trás de tantas e habituais nuvens, 
esse contentamento faz parte da nossa natureza.
Os problemas, os desafios, as limitações, 
não deixaram de existir.
Deixaram apenas de ocupar o espaço todo

[Ana Jácomo]

;;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates