sábado, 31 de julho de 2010

"Seja como for, continuo gostando muito de você - da mesma forma - você está quase sempre perto de mim, quase sempre presente em memórias, lembranças, estórias que conto às vezes, saudade..."


[Caio Fernando Abreu]


"Eu amo quando não me forço a existir. [...] O que falta fazer não me cansa. Ainda não cumpri tanta coisa, que não me apresso em pontuar. Farto-me de esperança. Vou imaginando devagarzinho para não acabar."


[Fabricio Carpinejar]
 

Ao Coração que Sofre

Ao coração que sofre, separado
Do teu, no exílio em que a chorar me vejo,
Não basta o afeto simples e sagrado
Com que das desventuras me protejo.
Não me basta saber que sou amado,
Nem só desejo o teu amor: desejo
Ter nos braços teu corpo delicado,
Ter na boca a doçura de teu beijo.
E as justas ambições que me consomem
Não me envergonham: pois maior baixeza
Não há que a terra pelo céu trocar;
E mais eleva o coração de um homem
Ser de homem sempre e, na maior pureza,
Ficar na terra e humanamente amar.
[Olavo Bilac]

sexta-feira, 23 de julho de 2010

"Que eu consiga ser quem eu sou e bata palmas no final! Mesmo que eu escorregue em mim e puxe a cortina antes do espetáculo acabar. Quem vai dizer que não era essa a melhor parte do show?"

[Martha medeiros]

quarta-feira, 21 de julho de 2010



"Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.
Sou isso hoje...
Amanhã, já me reinventei.
Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina... E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar...
Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil...e choro também!"

[Tati Bernardi]

segunda-feira, 12 de julho de 2010


"Eu faço minhas coisas, você faz as suas.
Não estou neste mundo para viver de acordo com suas expectativas.
E você não está neste mundo para viver de acordo com as minhas.
Você é você, e eu sou eu.
E se por acaso nos encontramos, é lindo.
Se não, nada há a fazer.”


[Fritz Perls]

"Dissimulação é a pós graduação da punhalada nas costas.
A maldade ou sacanagem ou fraqueza escancarada é fácil de afastar. Mas o que fazer com as pessoas que te dão colo e carinho e poesia?

[...]

Não preciso do que é igual e nem parecido. Falo dessa coisa, essa necessidade de poesia de mundo, essa comemoração boba e quase impossível que duas pessoas pra valer sentem pra valer quando é pra valer.

Essas pessoas me fazem tanta falta, elas não existem, mas tenho saudade delas como se todas tivessem explodido em alguma guerra terrível que dizimou o meu tipo de gente."

[Tati Bernardi Os traidores de poesia de mundo]

"Precisava, é isso, escrever, ser a mulher que eu sou, não a mulher pra casar, não a mulher para um homem, não a mulher do namorado, não a mulher pra que digam “olha, uma mulher”. Mas isso, a mulher que sei ser"

[Tati Bernardi in Que é isso de ser mulher?]


"Um band-aid no coração, um sorriso nos lábios – e tudo bem.
Ou: que se há de fazer."
[Caio Fernando Abreu]

"O sensato (não o sem graça, o chato) sabe que o ser humano não é grande coisa, mas gosta dele; que a vida é luta, mas quer vivê-la bem; que existem - além de injustica, traição e sofrimento - beleza e afetos e momentos de explendor.
E que pode-se confiar, sem ser a toda hora traído por quem se ama".

[Lya Luft in Perdas e Ganhos]

sexta-feira, 9 de julho de 2010

quinta-feira, 8 de julho de 2010

"Pois viver deveria ser – até o último pensamento e o derradeiro olhar 
- TRANSFORMAR-SE."

[Lya Luft in Perdas e Ganhos]

"Quero continuar louca, vivendo minha vida como sonho e não do jeito que os outros desejam!"

[Paulo Coelho in  Veronika decide morrer]

"Todo momento de achar é um perder a si mesmo" 
 [Clarice Linspector]

Acontece sempre assim

"Apesar das minhas fragilidades, avanço."
[Lya Luft]

O blog Recanto da Chefa está com duas promoções de arrasar,
quem quiser concorrer a ótimos livros é só clicar nos links

segunda-feira, 5 de julho de 2010

"..Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina?
Quem já conseguiu dominar o amor? 
Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa?..
Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar!..."

 [O Teatro Mágico in Ana e o Mar]

domingo, 4 de julho de 2010

Na vida...


 

... Não consigo molhar os pés apenas
eu mergulho e só paro quando me afogo
eu me queimo e só paro quando derreto
eu me jogo e só paro quando me param.

 [Martha Medeiros]

“(...)Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas, a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei.”

[Martha Medeiros in Explosões - Coisas da vida]

sexta-feira, 2 de julho de 2010


"(...) E enquanto eu espero por tudo isso, por um mundo cheio de certezas onde acordar vai render uma gargalhada e nada mais vai valer uma tristeza, a vida vai passando. Sem perceber, eu vou passando junto com ela porque, felizmente, apesar de eu esperar a felicidade, eu nunca deixo de ser feliz. E nem vou.

Eu continuo sendo essa menina boba, que descobre todo dia que não sabe da missa a metade, mas que se joga, e se fode, e, no final, se diverte. O meu inferno astral acaba hoje, porque hoje começa a minha nova primavera. E eu olho pros lados procurando motivos pra uma felicidade de festa, de hoje, momentânea, mas percebo que as minha maiores razões de sorrisos estão bem aqui, comigo: do meu lado e dentro de mim".


[Rani Ghazzaoui]


"Não é à toa que entendo os que buscam o caminho. Como busquei arduamente o meu! E como hoje busco com sofreguidão e aspereza o meu melhor modo de ser, o meu atalho, já que não ouso mais falar em caminho. Eu que tinha querido. O caminho, com letra maiúscula, hoje me agarro ferozmente à procura de um modo de andar, de um passo certo. Mas o atalho com sombras refrescantes e reflexo de luz entre as árvores, o atalho onde eu seja finalmente eu, isso não encontrei. Mas sei de uma coisa: meu caminho não sou eu, é outro, é os outros. Quando eu puder sentir plenamente o outro estarei salva e pensarei: eis o meu porto de chegada."

[Clarice Linspector]

quinta-feira, 1 de julho de 2010




"O dia passara como normalmente passam os dias: 

eu o havia desperdiçado, 

dissipiado suavemente,

com minha primitiva e arredia maneira de ser."  

[Hermann Hessein in O Lobo da Estepe]

Simplesmente...

"Lembre-se de alguma coisa inútil e provavelmente será isso que estarei fazendo. Ouça Virgínia, é preciso amar o inútil. Criar pombos sem pensar em comê-los, plantar roseiras sem pensar em colher rosas, escrever sem pensar em publicar, fazer coisas assim, sem esperar nada em troca. A distância mais curta entre dois pontos pode ser a linha reta, mas é nos caminhos curvos que se encontram as melhores coisas. A música- acrescentou detendo-se ao ouvir sons de um piano num exercício ingênuo. - Este céu que nem promete chuva - prosseguiu atirando a cabeça para trás. - Aquela estrelinha que está nascendo ali... está vendo aquela estrelinha? Há milênios não tem feito nada, não guiou os Reis Magos, nem os pastores, nem os marinheiros perdidos... Não faz nada. Apenas brilha. Ninguém repara nela porque é uma estrela inútil. Pois é preciso amar o inútil porque no inútil está a Beleza."

[ Lygia Fagundes Telles in Ciranda de Pedra]

o que
de mim
projetei
em você
devolva
me

[Ramon Mello, in "Vinis mofados"]

;;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates