quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Seres humanos

Não acredito que existam qualidades, valores, modos de vida especificamente femininos: seria admitir a existência de uma natureza feminina, quer dizer, aderir a um mito inventado pelos homens para prender as mulheres na sua condição de oprimidas. Não se trata para a mulher de se afirmar como mulher, mas de tornarem-se seres humanos na sua integridade”. 

[Simone de Beauvoir in O Segundo Sexo]

Das vezes que morri

“Da vez primeira em que me assassinaram 
perdi um jeito de sorrir que eu tinha… 
Depois, de cada vez que me mataram, 
foram levando qualquer coisa minha…”

[Mário Quitana]

Ser concomitante

O que te direi? Te direi os instantes. Exorbito-me e só então é que existo e de um modo febril. Que febre: conseguirei um dia parar de viver? Ai de mim que tanto morro. Sigo o tortuoso caminho das raízes rebentando a terra, tenho por dom a paixão, na queimada de tronco seco contorço-me às labaredas. À duração de minha existência dou uma significação oculta que me ultrapassa. Sou um ser concomitante: reúno em mim o tempo passado, o presente e o futuro, o tempo que lateja no tique-taque dos relógios”. 

[Clarice Lispector in Água Viva]
Img: Caitriona Balfe

Ternura

"Ternura é aquele afeto brando, 
que no amor nos leva dar mais do que receber."

[Manuel Bandeira]

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Sem arrependimentos

- Então me beije, Claire - sussurrou ele. 
- E saiba que você significa mais para mim do que a própria vida
 e que não me arrependo de nada.
[Diana Gabaldon in O Resgate no Mar - parte 2]
Img: Sam Heughan e Caitriona Balfe in Montagem de fã

Aceitação

Nem todo mundo está na mesma sintonia que você. E isso não é errado, é o jeito de cada um. 
Não adianta você querer fazer tudo ou querer que o outro queira o que você quer. 
Ninguém pode ser forçado a nada. Seja a ler um livro, concordar com uma ideia ou mudar. 
A gente muda quando (e se) quiser. 
Você não pode querer que as outras pessoas sintam como você, sejam como você, que as coisas tenham a mesma importância para os outros que têm para você. 
Esse é o grande desafio da vida, aceitar e acolher as pessoas como elas são.

[Clarissa Corrêa]

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Eu a encontrarei

— Eu a encontrarei — murmurou em meu ouvido. 
— Eu prometo. Ainda que tenha que suportar duzentos anos de purgatório, duzentos anos sem você, esse será meu castigo, que eu mereci pelos meus crimes. Porque eu menti, matei e roubei; traí e quebrei a confiança. Mas há uma única coisa que deverá pesar a meu favor. Quando eu ficar diante de Deus, eu terei uma única coisa a dizer, para contrabalançar o resto. Sua voz diminuiu, até quase se transformar num sussurro, e seus braços apertaram-me com mais força.
— Meu Deus, o Senhor me deu uma mulher especial e, Deus!, eu a amei demais. 

[Diana Gabaldon in A Libélula no Âmbar]
img: #SamHeughan e #CaitrionaBalfe  in  #outlander  2ª Temporada

Equilíbrio


"Uma coisa ruim não supera as coisas  boas
É o equilíbrio que conta"

[Demelza na Série de Tv #Poldark]
Img: Eleanor Tomlinson in Poldark

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Viver

Quando eu era menina, a verdade parecia estar nos livros: ali moravam as respostas e nasciam os nomes. Quanto mais procurei, mais me perdi na trilha das indagações: as respostas não vinham, a verdade era miragem, a busca era melhor que a descoberta, e nunca se chegava. (Viver era mesmo sentir aquela fome).

[Lya Luft]

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Olhares que entregam

"Nunca lhe confessei o meu amor com palavras, mas se os olhos falam, o último dos tolos poderia verificar que eu estava totalmente apaixonado. Ela por fim compreendeu e por sua vez me lançou um olhar... o mais doce de todos os olhares imagináveis".

[Emily Brontë in O morrodos Ventos Uivantes] 
#SamHeughan e #CaitrionaBalfe

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Durma, Sassenach



"Deus, proteja minha amada,
Minha pomba branca
E os filhos que um dia ela irá gerar.
Porteja-a da  violência e do mal
Neste lugar e em todos os outros lugares
Nesta noite e em todas."
[Jamie Fraser in Outlander 2ª Temporada]

Deixe que eu lhe diga em seu sono o quanto eu a amo. Porque as palavras que lhe digo quando está acordada são sempre as mesmas, não são suficientes. Enquanto você dormir em meus braços, posso dizer-lhe coisas que soariam tolas e loucas, e seus sonhos entenderão a verdade delas. Volte a dormir, mo duinne. 
Virei a cabeça, o suficiente para que meus lábios roçassem a base de sua garganta, onde seus batimentos cardíacos pulsavam devagar sob a pequena cicatriz triangular. Depois, repousei a cabeça sobre seu peito e entreguei meus sonhos em suas mãos. 

[ Diana Gabaldon in A Libélula no Âmbar]
img: #SamHeughan e #CaitrionaBalfe in #Outlander -  2ª Temporada

Coisas desagradáveis

"É estranho, mas as coisas boas e os dias agradáveis são narrados depressa, e não há muito que ouvir sobre eles, enquanto as coisas desconfortáveis, palpitantes e até mesmo horríveis podem dar uma boa história e levar um bom tempo para contar." 

[J.R.R. Tolkien in O Hobbit]

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

União

"Seu corpo manteve o meu cativo, guiando-me à frente de sua força, como o vento do oeste nas velas de um navio.
E eu viajei para dentro dele, como ele para dentro de mim, de modo que, quando as últimas e pequenas tormentas do amor começaram a me sacudir, ele gritou, e cavalgamos as ondas juntos como um único corpo, e nos vimos nos olhos um do outro."

[Diana Gabaldon in A Libélula no Âmbar]
#SamHeughan  e  #CaitrionaBalfe in #Outlander - 1ª Temporada

Aprendizado

"Eu não sabia o que na madureza aprenderia: que todas as coisas quando acabam são substituídas por outras, que a vida não se reduz, mas cresce. E é em tudo um milagre."

[Lya Luft]

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Minhas escolhas

Não é preciso decidir segundo leis da sociedade ou críticas alheias, nem, a essa altura, fazer o impossível para ser aceito na tribo, como na adolescência: descobrir o que se quer é essencial. É raro. E, como afirmou um personagem meu, quando alguém resolve não pagar mais o altíssimo tributo da acomodação, mas construir sua história além dos ditames e dos preconceitos, está pela primeira vez para si mesmo dizendo sim.
Dizendo: eu sou esse, não outro; meu jeito é assim, essa é a minha voz, isso eu quero, não o que os outros esperam de mim. E , se não faço mal a ninguém, eu vou por esse caminho.
Aprendemos eventualmente a gostar de nós. Gente demais se subestima, se desvaloriza, aceita qualquer vida, qualquer pessoa, qualquer roteiro.
Conseguimos até ficar sozinhas nessa pequena liberdade: a de que o tempo é um fato natural, é crescimento e mudança permanente. Que ele não só nega e rouba com uma das mãos, mas com a outra mão, oferece.

[Lya Luft in O Tempo é um Rio que Corre]

;;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates