domingo, 31 de julho de 2011


Quem diria que seria você acontecendo
                 na minha frente e para sempre trazendo
um arrepio numa alegria, e qualquer coisa eterna
derrubando um punhado de tempo.

[Cah Morandi e Priscila Rôde]

Foto: Ellen Pompeo e Patrick Dempsey in Grey's Anatomy

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Para ser amor de verdade

"Sempre que se começa a ter amor a alguém, no ramerrão, o amor pega e cresce é porque, de certo jeito, a gente quer que isso seja, e vai, na idéia, querendo e ajudando, mas quando é destino dado, maior que o miúdo, a gente ama inteiriço fatal, carecendo de querer, e é um só facear com as surpresas. Amor desse, cresce primeiro; brota é depois."

[Guimarães Rosa]

Precisando me encontrar

Essa escassez de tempo está clara agora, pouco mais de nove horas da manhã de segunda-feira, na desordem absoluta sobre a escrivaninha. [...] livros que só comecei a ler e não consigo terminar (uma Susan Sontag aqui, um Edmund Wilson ali)...
Os amigos se queixam: você não telefona, não aparece. [...] Têm me pedido muito, ultimamente. E dado pouco. Normal: gente é assim mesmo. 
Agora você me pergunta: bom, e daí? Daí que ando cansado. Hoje estou me permitindo escrever sobre este cansaço indivisível, sobre minha falta de tempo, sobre a desordem que se instaurou em minha vida. 
[...]

Durante um minuto, fico pensando em parar.
Parar como param os monges budistas. Parar e olhar. Só um minuto. Pronto: agora tenho que sair correndo outra vez para ganhar a vida. Ganhar ou perder? Eu sei a resposta. Mas posso cantar baixinho um velho Roberto Carlos, aquele assim: 
“Querem acabar comigo/ isso eu não vou deixar”. Juro que não.
[Caio Fernando Abreu in OESP - Caderno 2 - 1987]

sábado, 23 de julho de 2011


"E a vida existe e também é bonita.
               E se renova. 
Tem lados de luz."

[Caio Fernando Abreu]

"Todos gostamos de nos envolver nas histórias dos filmes. Quando eu era menina, amava “O Mágico de OZ”. Principalmente quando Dorothy entra naquele mundo fantástico. Mas quando Dorothy começou valorizar a beleza do local, percebeu a encrenca em que havia se metido. Um dos exemplos clássicos de “cuidado com o que você deseja”. Passe cinco minutos vivendo uma fantasia, que você poderá desejar ter sua antiga vida de volta. Perdemos o que está bem a nossa frente enquanto estamos ocupados, olhando para o arco-íris. Mas às vezes, precisamos viver a vida de outro, para perceber o quanto amamos a nossa. Porque não importa quão mágicos sejam os filmes,no final das contas, não há melhor lugar que o nosso lar.”

[Men in Trees]

Foto: Keira Knightley por Annie Leibovitz

"- Não me diga que não sente. Sei que sente. Posso ver em seu olhar, no modo como responde ao meu toque [...]
 Ele inclina a cabeça enquanto seus dedos, as pontas macias de seus dedos, escorregam gentilmente por meu rosto de modo tão suave e sedutor que nem se quisesse eu poderia ter me afastado. 
- Não tenho interesse em mais ninguém. Sempre foi só você. Embora possa não sentir o mesmo agora, que que saiba que não temos restrições, nada que nos separe. Nada além de você. É você quem decide no final. -
Ele se afasta, mas a lembrança do seu toque permanece e seu olhar queima dentro do meu.
- Mas não importa o que decidir, não há como negar que isto - ele se aproxima novamente de mim 
- existe.

[Alyson Noël in Chama Negra]

A nova série que a Sarinha vai fazer, que chama-se RINGER, nova série da CW que traz Sarah Michelle Gellar de volta a TV. 
Ringer conta a história de Bridget (Sarah Michelle Gellar), uma jovem envolvida em problemas com a máfia que foge e assume a identidade de sua rica irmã gêmea (Sarah Michelle Gellar de novo). A reviravolta: ela descobre que a tal irmã também está com a cabeça a prêmio. Nestor Carbonell (Lost) será um agente do FBI que tem o trabalho de manter Bridget em segurança para que ela possa depor contra a máfia, que a persegue e encontra sua "irmã", e Ioan Gruffudd (Quarteto Fantástico) interpreta o marido de Siobhan.

O programa vai ser exibido no canal CW a partir do último trimestre e mostra Bridget (Gellar), uma jovem envolvida em problemas com a máfia que foge e assume a identidade de sua rica irmã gêmea (Gellar de novo). A reviravolta: ela descobre que a tal irmã também está com a cabeça a prêmio.
Um vídeo  promo da série

O piloto foi escrito pela dupla de Supernatural, Eric Charmelo e Nicole Snyder. Gellar está entre os produtores.

"Não sou uma coisa que agradece ter se transformado em outra. 
Sou uma mulher, sou uma pessoa, sou uma atenção, sou um corpo olhando pela janela."

 [CLarice Linspector in Aprendendo a Viver, trecho de A Alegria Mansa]

Apenas esse momento


Não exijas mais nada. Não desejo
                                                  Também mais nada, só te olhar, enquanto
A realidade é simples, e isto apenas.

[Mário de Andrade]

Foto: Rachel McAdams e Eric Bana  in Te amarei para sempre

Fugaz

"Se tão depressa de meu olhar se esquiva, furtiva se vai tão doce mulher. Foge ao deixar marcas latentes num coração doente...fremente de amor! Segue soberba, traça caminhos, rabisca emoções...seduz e corações aquenta, excita ...é gostosa de se querer...é bonita e é mulher. Que me contagia, me fragiliza e me envolve no tempero dessa magia..."


[ELVÉRCIO GOMES VALADARES in Poeira e Flor]


Foto por Mario Testino: Angelina Jolie

"Apanhe todos os pedaços 
que você perdeu nessas andanças 
e venha para o meu tapete mágico"


[Caio Fernando Abreu]

Foto de Annie Leibovitz:   Jennifer Lopez e Marc Anthony 

sexta-feira, 22 de julho de 2011

"O temor está  só no seu pensamento
E não pode curar seu pensamento pensando.
A única cura para o pensamento é viver."

[Personagem Quennie, na série Lark Rise to Candleford - Quarta temporada]

"Eu até tento dividir o tempo, 
mas sempre que olho, é hora de você."

[Joakim Antonio]

Meninas... são bruxas e fadas
Palhaço é um homem todo pintado de piadas
Céu azul é o telhado do mundo inteiro
Sonho é uma coisa que fica dentro do meu travesseiro(...)

[Fernando Anitelli]

quinta-feira, 21 de julho de 2011

"Porque a verdade é que, por mais que eu esteja comprometida em limpar minhas energias e me concentrar apenas em coisas boas e positivas, a vida ainda é a vida. Ainda é dura, complicada e um tanto confusa: são lições a serem aprendidas, erros a serem cometidos, triunfos e decepções, e nem todo dia foi feito para ser uma festa. E acho que finalmente percebi, finalmente aceitei que tudo bem em ser assim."

[Alyson Noël in Chama Negra]

"Ok, vou deixar que seja do seu jeito. Mas só porque eu gosto do cheiro do seu ombro dezessete minutos depois de pegar o sol da manhã. 
[...]
Depois de pegar essa mania besta de querer voltar no tempo ou desejar que ele passe logo, eu queria que o tempo parasse só dessa vez. Quem acredita nessa coisa de que nada dura pra sempre, nunca se apaixonou de verdade e não conheceu a estabilidade perturbadora do caos."


[Gabito Nunes in Que seja do seu jeito]

"Quando você foca no que teme, atrai mais daquilo que teme. Quando foca no que não quer, atrai mais daquilo que não quer. Quando foca em tentar controlar os outros, acaba sendo controlada [...] Impor sua vontade aos outros, para persuadi-los a fazer algo que normalmente não fariam...bem, isso não apenas não funciona, como também acaba voltando diretamente para você. E resulta em carma, assim como todas as ações..."

[Alyson Noël in Chama Negra]

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dia do Amigo

Entre Amigos
Por Martha Medeiros


Para que serve um amigo? Para rachar a gasolina, emprestar a prancha, recomendar um disco, dar carona pra festa, passar cola, caminhar no shopping, segurar a barra. Todas as alternativas estão corretas, porém isso não basta para guardar um amigo do lado esquerdo do peito. 


Milan Kundera, escritor tcheco, escreveu em seu último livro, "A Identidade", que a amizade é indispensável para o bom funcionamento da memória e para a integridade do próprio eu. Chama os amigos de testemunhas do passado e diz que eles são nosso espelho, que através deles podemos nos olhar. Vai além: diz que toda amizade é uma aliança contra a adversidade, aliança sem a qual o ser humano ficaria desarmado contra seus inimigos. Verdade verdadeira. 

Amigos recentes custam a perceber essa aliança, não valorizam ainda o que está sendo contruído. São amizades não testadas pelo tempo, não se sabe se enfrentarão com solidez as tempestades ou se serão varridos numa chuva de verão. Veremos. 

Um amigo não racha apenas a gasolina: racha lembranças, crises de choro, experiências. Racha a culpa, racha segredos. 
Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta. 
Um amigo não recomenda apenas um disco. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país. 
Um amigo não dá carona apenas pra festa. Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu. 
Um amigo não passa apenas cola. Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon. 
Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado. 
Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão, segura o elevador. Duas dúzias de amigos assim ninguém tem. 

Se tiver um, amém.


Foto: Kim Catrall, Kristin Davis, Sarah Jessica Parker e Cynthia Nixon in Sex and the City

domingo, 17 de julho de 2011

Chega um momento em que a gente se dá conta de que, às vezes, para sermos verdadeiros com nós mesmos, precisamos ter o desprendimento para abençoar as tentativas sem êxito, agradecer pelo o que cada uma nos ensinou, e seguir. De que, às vezes, para se reconstruir, é preciso demolir construções que, por mais atraentes que sejam, não são coerentes com a ideia da nossa vida. A gente se dá conta do quanto somos protegidos quando estamos em harmonia com o nosso coração. De que o nosso coração é essencialmente puro. Essencialmente, amoroso, o bordador capaz de tecer as belezas que se manifestam no território das formas. De que, sabedores ou não, é ele que tem as chaves para as portas que dão acesso aos jardins de Deus. E, vez ou outra, quando em plena comunhão criativa, entra lá, pega uma muda de planta e traz para fazê-la florescer no canteiro do mundo.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

"Saudade eu tenho do que não nos coube. Lamento apenas o desconhecimento daquilo que não deu tempo de repartir, você não saboreou meu suor, eu não lhe provei as lágrimas. É no líquido que somos desvendados. No gosto das coisas o amor se reconhece. O meu pior e o seu melhor, ficaram sem ser apresentados."

[Martha Medeiros]

eu corpo seja brasa 
teu corpo seja brasa e o meu a casa
que se consome no fogo
um incêndio basta
pra consumar esse jogo
uma fogueira chega
pra eu brincar de novo. 


[Alice Ruiz]

Foto: Leighton Meester e  Ed Westwick


"Eu não estava querendo que meus sonhos
interpretassem minha via, 
mas antes que minha vida 
interpretasse meus sonhos."

[Susan Sontag]

"Somos muito parecidos, de jeitos inteiramente diferentes: somos espantosamente parecidos. E eu acho que é por isso que te escrevo, para cuidar de ti, para cuidar de mim (...) Fique feliz, fique bem feliz, fique bem claro, queira ser feliz. Você é muito lindo e eu tento te enviar a minha melhor vibração de axé."

[Caio Fernando Abreu]

segunda-feira, 11 de julho de 2011


Existe uma roda gigante de sentimentos dentro de mim.
           Não é sempre que arrumo um jeito de ficar feliz.

Eu invento e desinvento moda pra colorir a vida.
E o que tenho por dentro faz muita diferença.
Tudo muda o tempo todo no mundo
Eu recupero sorrisos 
[Denise Portes]

domingo, 10 de julho de 2011

"E conserve os seus sonhos...

...nunca se sabe quando vão nos fazer falta."

[Carlos Ruiz Zafón in A sombra do vento]

Promessa

Estou sentado aqui, - eu te disse que vinha
sentar-me aqui depois que te fosses embora...
Ainda ouço a tua voz murmurante e canora
jurando entre os meus beijos que és, e serás minha!

Olho ao redor: a estrada é a mesma, vai sozinha
serpeando pela mata adentro, como outrora.
Só o encanto feliz que esta paisagem tinha
aos meus olhos sem alma, aos poucos se decora!

Nada mudou talvez...Ainda é a mesma, a varanda.
Há um bambual com seus verdes penachos pelo ar
e o vento ao seu redor com as folhas faz ciranda...

Eu te disse que vinha, e vim...Neste momento
parece que só tu trocaste de lugar:
-fugiste dos meus braços para o meu pensamento!


[J. G. de Araújo Jorge in Os mais belos poemas que o amor Inspirou, vol 1]

Renovando-se

"A gente precisa é saber criar espaço, não importa o tamanho dos apertos. A gente precisa é de um olhar fresco, que não envelhece, apesar de tudo o que já viu. É de um amor que não enruga, apesar das memórias todas na pele da alma. A gente precisa é deixar de ser sobrevivente para, finalmente, viver. A gente precisa mesmo é aprender a ser feliz a partir do único lugar onde a felicidade pode começar, florir, esparramar seus ramos, compartilhar seus frutos.

Tudo o que eu vivi me trouxe até aqui e sou grata a tudo, invariavelmente. Curvo meu coração em reverência a todos os mestres, espalhados pelos meus caminhos todos, vestidos de tantos jeitos, algumas vezes disfarçados de dor.

Eu mudei muito nos últimos anos, mais até do que já consigo notar, mas ainda não passei a acreditar em acaso."

[Ana Jácomo]

...
Amor é uma comissão de inquérito, é abri as contas, é grampear o telefone, é cheirar as camisas. É também o perdão, não conseguir dormir sem fazer as pazes.
Amor é cobrança, dor de cotovelo, não aceitar uma vida pela metade, não confundi-la com segurança. Exigir mais vontade quando ela se ofereceu inteira. Enlouquecê-la para pentear seus cabelos antes do vento. Enervá-la para que diga que não a entende. E entender menos e precisar mais.
Quem aspira ao conforto que se conserve solteiro. Eu me entrego para a dependência. Não há nada mais agradável do que misturar os defeitos com as virtudes e perder as contas na partilha..
Não há nada mais valioso do que trabalhar integralmente para uma história. Não racionar outra coisa senão cortejá-la: avisá-la para espiar a lua cheia, recordar do varal quando começa a chover, decorar uma música para surpreendê-la, sublinhar uma frase para guardá-la.
Quero [...] Uma mulher que me provoque quando não estou a fim. Que dance em minhas costas para me reconciliar com o passado. Que me acalme quando estou no fim do filtro. Que me emagreça de ofensas.
Não me interessa um tempo comigo quando posso dividir a eternidade com alguém."

[Fabrício Carpinejar in Quero uma mulher perdigueira]

Dedicatória

II

Este meu livro é todo teu, repara
que ele traduz em sua humilde glória
verso por verso, a estranha trajetória
desta nossa afeição ciumenta e rara!

Beijos! Saudades! Sonhos!... Nem notara
tanta cousa afinal na nossa estória...
E este verso, - é a feliz dedicatória...
onde a minha alma inteira se declara...

Abre este livro... E encontrarás então
teu coração, de amor, rindo e cantando,
cantando e rindo com o meu coração.

E se o leres mais alto, quando a  sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!

[J. G de Araújo Jorge in Os mais belos poemas que o amor inspirou, vol 1]


Foto: Keira Knightley in Orgulho e Preconceito

"Eu não sou tão forte quanto eu previa, nem tão fraca quanto eu temia. Não tenho o passo rápido como eu gostaria, nem paraliso como poderia. Aprendi a me equilibrar nos extremos. Se não tenho o direito de escolher todos os acontecimentos, me posiciono de acordo com os fatos. No final, o que me move não é forte o suficiente pra me derrubar, mas é intenso o bastante pra me fazer ir além."


Foto: Leighton Meester 

Eu gosto de quem facilita as coisas. De quem aponta caminhos ao invés de propor emboscadas. Eu sou feliz ao lado de pessoas que vivem sem códigos, que estão disponíveis sem exigir que você decifre nada. O que me faz feliz é leve e, mesmo que o tempo leve, continua dentro de mim.


"E pra te falar ainda mais a verdade, 
eu acho mesmo que 
você foi o príncipe 
que eu esperei a vida inteira." 

[Tati Bernardi]

Foto: Brad Pitt e Angelina Jolie

sábado, 9 de julho de 2011

Uma coisa de cada vez não funciona comigo: tudo ao mesmo tempo é que faz vibrar. Eu só consigo sussurrar depois do grito. E pra me sentir viva, eu tenho pequenas mortes diárias.


[Fernanda Young]

sexta-feira, 8 de julho de 2011

“Todos temos necessidade de ser olhados”.

[Milan Kundera in A Insustentável leveza do ser]

Afinal...


Era tudo um nada e um homem era um nada, até ele. Era só isso, e a luz era a única coisa necessária, e um pouco de limpeza e de ordem. Alguns viviam naquele nada sem nunca ter consciência, mas ele não, ele sabia bem, que tudo era nada y pues nada y nada y pues nada. Ó nada nosso que estais no nada, nada seja o vosso nome, nada a nós o vosso reino e seja nada a vossa vontade, assim no nada como no nada. O nada nosso de cada dia nos dai hoje, e nada os nossos nada assim como nós nadamos a quem nos nada, e não nos deixei nadar em nada, mas livrai-nos do nada, pues nada... No final das contas, disse consigo mesmo, provavelmente isso é só insônia. Muitos devem ter.


[Ernest Hemingway in 
Um lugar limpo e bem iluminado]


Foto: Ian Soerhalder


quinta-feira, 7 de julho de 2011

Co-respondência

Remeta-me
os dedos
em vez de cartas de amor
que nunca escreves
que nunca recebo.
Passeiam em mim estas tardes
que parecem repetir
o amor bem feito
que você tinha mania de fazer comigo.
Não sei amigo
se era seu jeito
ou de propósito
mas era bom
sempre bom
e assanhava as tardes
Refaça o verso
que mantinha sempre tesa
a minha rima
firme
confirme
o ardor dessas jorradas
de versos que nos bolinaram os dois
a dois
Pense em mim
e me visite no correio
de pombos onde a gente se confunde
Repito:
Se meta na minha vida
outra vez meta
Remeta.


[Elisa Lucinda]


Foto: Ana Torv

Aí veio você e me pega 
desprevenido, vulnerável, apaixonado 
e achando realmente 
que encontrou uma pessoa especial na multidão.

[Gabito Nunes]

Foto: Matthew McConaughey e Kate Hudson in Como Perder um homem em dez dias]

"Não soube compreender coisa alguma! Devia tê-la julgado pelos atos, não pelas palavras. Ela me perfumava, me iluminava... Não devia jamais ter fugido. Deveria ter-lhe adivinhado a ternura sob os seus pobres ardis. São tão contraditórias as flores! Mas eu era jovem demais para amar".



[Antonie Saint-Exupéry in O Pequeno Príncipe]

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Salve à perseverança

"Amo tudo que afunda a cara na lama da vida crua e consegue arrancar o belo desse mergulho.".

[Caio Fernando Abreu]

terça-feira, 5 de julho de 2011

"Dizem que a vida é o que acontece enquanto se está fazendo planos".

[Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) episódio 11 da quarta temporada de Sex and the City]

Foto: Sarah Jessica Parker como Carrie Bradshaw in Sex and tje City, ep 56

segunda-feira, 4 de julho de 2011

"Como não ter Deus?! Com Deus existindo, tudo dá esperança: sempre um milagre é possí­vel, o mundo se resolve. Mas, se não tem Deus, há-de a gente perdidos no vai-vem, e a vida é burra. É o aberto perigo das grandes e pequenas horas, não se podendo facilitar, é todos contra os acasos. Tendo Deus, é menos grave se descuidar um pouquinho, pois no fim dá certo."


[Ambas de Guimarães Rosa]

Caminhos


"Como sabem ser duros os caminhos,

pelos quais a gente vai, só pensando na volta..." 


[Guimarães Rosa no poema Desterro]

Sobre a esperança...

Os olhos dele
dos olhos dela
um segundo que fosse, não se separavam,
como se quisessem acender as chamas que vacilavam
como a luz da própria vida...

E as chamas dos olhos dela, trêmulas, na noite
de vigília, sem dormida,
eram como as chamas no pavio das velas
quando o vento abre as janelas...

[J. G. de Araújo Jorge in Os mais belos poemas que o amor inspirou, vol. 1]


Foto: Keira Knightley e James McAvoy in Desejo e Reparação

Meu guia



"E como era lindo iluminar o escuro dos esconderijos 
com os seus olhos.”

[Tati Bernardi]

Foto: Keri Russell e Scott Speedman in Felicity




;;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates