quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Amor no cinema

- Eu adoro esta parte. A luz vai apagando devagarzinho. O mundo lá fora vai se apagando devagarzinho. Os olhos da gente vão se abrindo. Daqui a pouco a gente não vai nem mais lembrar que está aqui.
- Que tipo de história vai ser?
- Comédia romântica com aventura. Tem um mocinho namorador… que nunca se apaixonou por ninguém até conhecer a mocinha. Tem uma mocinha que vai sofrer bem muito… porque o amor do mocinho é cheio de problemas. Tem um bandido que só quer saber de matar o mocinho… ou de ficar com a mocinha ou as duas coisas. Tem uma mulher que também quer o mocinho… mas ele não quer nada com ela. E tem também mais uma ruma de personagens… que vão ficar fazendo graça para animar a história. Uns vão terminar quase tão bem quanto o mocinho e a mocinha… e outros quase tão mal quanto o bandido… conforme eles ajudem ou atrapalhem o romance.
- Você já viu?
- Não, mas é sempre assim.
- Qual é a graça?
- A graça não é saber o que acontece. É saber como acontece. E quando acontece. A gente vai conhecer um monte de pessoas novas… um monte de problemas que a gente não pode resolver, que só eles podem. Vamos ver como. E quando. Está começando!

 [Lisbela e o Prisioneiro]

1 sentimentos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates