sexta-feira, 2 de março de 2012

"Eu não sou mais feliz que ninguém, apenas parei de supervalorizar o sofrimento e banalizar os meus momentos de bem-estar. Estar são e salvo exige esforço, mudanças constantes e reformulações internas...e a certeza de nunca se ter garantia de nada.
Vejo a vida como uma pessoa que um dia está bem, no outro nem tanto, e em algum desses dias até furiosa. E eu a respeito assim, e ela também não deixa de seguir seu fluxo por causa do meu estado de espírito.
Não sou uma explosão de entusiasmo o tempo todo, apenas tenho uma profunda predisposição para estar no lugar mais confortável para o meu coração. E isto, às vezes, implica em não satisfazer um desejo, porque nem sempre o que desejamos é o melhor para nós.Mas isto implica também em encontrar diversão dentro da minha própria imaginação: imaginar uma coisa tão engraçada que me faça gargalhar sozinha.E usar a minha criatividade para fazer a minha careta mais feia...Ou dar o salto mais alto, ou passar a maquiagem mais over, ou usar o chapéu mais colorido, ou rolar na areia, ou posar para que uma criança me fotografe, ou tantas outras coisas...E se a vontade é de chorar, é tão bonito quando brota para limpar, desopilar e respeitar uma dor.É uma forma de expurgar e produzir um processo de cura.Eu participo do Planeta, isto faz de mim passível a todo e qualquer acontecimento ou sensação, mas não me causa medo, porque fiz as pazes com o Mundo há muito tempo.
Eu não sou mais feliz que ninguém, mais eu sei que a felicidade adora se aconchegar em mim. Por isto: ACEITO E AGRADEÇO SEMPRE: a primeira coisa que faço ao acordar e a última antes de dormir."
 
[Marla de Queiroz]

1 sentimentos:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates