sexta-feira, 30 de abril de 2010

Hoje estou pensativa

"Eu não sabia o que na madureza aprenderia: que todas as coisas quando acabam são substiuídas por outras, que a vida não se reduz, mas cresce. E é em tudo um milagre". 
[Lya Luft in Mar de Dentro]

quinta-feira, 29 de abril de 2010

hoje eu sonhei tão alto
que as aves na minha janela pousaram
e pediram que eu sonhasse mais baixo
porque elas lá em cima voavam

[Martha Medeiros in Poesia Reunida L&PM Pocket]

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Insistente

"Aprendi que minhas delicadezas nem sempre são suficientes para despertar a suavidade alheia, 
e mesmo assim insisto.”

 [Caio Fernando Abreu]

Econtrando o antigo amor


"Eu nunca mais o tinha visto. É engraçado como nossas lembranças costumam ser generosas com os nossos lembrados.... E, no entanto, ele é um homem cheio de significados. Só que, ao se materializar na minha frente, virou apenas um estranho, nada mais que isso. Ele comentou alguma coisa sobre estar.... mas eu nem ouvi direito o que ele disse, fiquei olhando pra, sua boca e pensando: eu beijei tantas vezes esses lábios, eu fiquei nua tantas vezes entre esses braços, trocamos carícias eróticas e, passado um tempo, puf: viramos duas pessoas profundamente constrangidas, até mesmo beijar a face um do outro pareceu um gesto forçado....eu nunca havia pensado nisso, em como é incômodo estar diante de uma pessoa com quem se trocou emoção intensa e depois cruzar com ele na rua e dizer apenas: tudo bem? "

[Martha Medeiros]

terça-feira, 27 de abril de 2010

 Na minha terra é tradição !!
Como lá vai ter Santana, aqui vai uma música do Accioly, cantada por ele, com uma letra linda!
 


Pra cada lágrima triste que chorei, surgiram dez poemas diferentes.
Ao pai agradeço as estradas que passei
Passei, e se ele quiser vou novamente.
Pois quem acredita em Deus,
Não tem medo da escuridão
Aprende que quem faz o mal
só merece perdão.
Perdão que é o perfume da flor
do abraço, da solidão,
sorisso no rosto e a bondade estampada nas mãos.

Pra cada mentira que um dia suportei,
em mim uma verdade falava docemente.
Que o bem não estava nas sobras que eu dei,
o pobre é aquele que ajuda indiferente.
Pergunte pro seu coração,
se fez pensando em receber
se a gente pode ser feliz vendo o outro sofrer.
Pergunte pro seu coração,
se foi certo o passo que deu
pois se puder melhorar vence você e eu.

O amor é a benção que vem de Deus
há quem diga que é só meu,
o amor é de quem quiser, quem puder.
O amor é a chave de uma razão,
que sempre traz solução pra tudo que a gente quer.

[Santana, o Cantador in Dez Poemas Diferentes]

Realidade x Fantasia


Todos gostamos de nos envolver nas histórias dos filmes. Quando eu era menina, amava "O Mágico de OZ". Principalmente quando Dorothy entra naquele mundo fantástico. Mas quando Dorothy começou valorizar a beleza do local, percebeu a encrenca em que havia se metido. Um dos exemplos clássicos de "cuidado com o que você deseja". Passe cinco minutos vivendo uma fantasia, que você poderá desejar ter sua antiga vida de volta. Perdemos o que está bem a nossa frente enquanto estamos ocupados, olhando para o arco-íris. Mas às vezes, precisamos viver a vida de outro, para perceber o quanto amamos a nossa. Porque não importa quão mágicos sejam os filmes,no final das contas, não há melhor lugar que o nosso lar.

 [Men in trees in  Get a life, Episódi 2.14]



Intocável

"Tudo em ti era uma ausência que se demorava: uma despedida pronta a cumprir-se".

[Cecilia Meireles]

Foto: Audrey Tauton e Travis Davenport in Comercial  Chanel nº 5

Sempre pensei assim


"A vida inteira busquei
explicações e deciframentos:
encontrei silêncio e segredo,
às vezes o conforto de um ombro,
outras vezes dor."

[Lya Luft - O Silêncio dos Amantes]

segunda-feira, 26 de abril de 2010

É só hoje

"Queria ser como os outros e rir das desgraças da vida, ou fingir estar sempre bem, ver a leveza das coisas com humor. Mas não me diga isso. É só hoje e isso passa."

[Legião Urbana in Via Láctea]

Nada é fácil


"Sou egoísta, impaciente e um pouco insegura. Cometo erros, sou um pouco fora do controle e, às vezes, difícil de lidar. Mas se você não sabe lidar com o meu pior então, com certeza, você não merece o meu melhor."
[Marilyn Monroe]

A hospedeira

Terminei o livro, finalmente. A demora foi porque no começo eu não me empolguei com ele, foi mais aos poquinhos e, sinceramente, foi mais do que eu imaginei. É um livro muito forte emocionalmente, me deixou de coração na mão em muitos momentos. Não é como a saga Crepúsculo, todo aquele romance, é mais sobre  a humanidade, o valor das relações humanas, a verdade, a honra e a consideração pelas relações que vamos formando, no caso do livro, que uma alienígena vai formando (no começo a contra gosto) no corpo de uma humana, adquirindo suas emoções e assim, conhecendo a humanidade, no que ela tem de pior e de melhor. O livro é surpreendente, eu indico totalmente, chorei, ri... É um livro sobre amor e suas diversas formas de mostrar-se.

      "O que tornava este amor humano muito mais desejável para mim que o amor da minha própria espécie? Seria porque era exclusivo e caprichoso? As almas ofereciam amor e aceitação a todos. Será que eu necessitava de um desafio maior? Este amor era enganoso; não tinha regras estritas invariáveis - podia ser dado de graça, como com Jamie, ou ser obtido mediante tempo e trabalho, como com Ian, ou ser completa e dolorasamente inalcançável, como com Jared.
       Ou simplesmente este amor de algum modo era melhor? Será que porque os humanos podiam odiar com tanta fúria, o outro lado do espectro lhes permitia que pudessem amar com mais coração, ardor e fogo?
        Eu não sabia por que desejara tão desesperadamente experimentá-lo. Tudo o que sabia, agora que o experimentara, é que valia todo grama de risco e angústia que custava. Era melhor do que eu havia imaginado.
         Era tudo."

[Stephenie Meyer in A hospedeira]

Leiam, é maravilhoso, lição de vida e amor ao próximo
Sim, há o comentário de que vai sair em filme também, por isso, por favor, leiam antes.

Não tenha pressa

"Se você jogar um sapo na água fervendo, ele pula fora. Mas se você o colocar na água morna e aquecer devagar, o sapo não percebe o que está acontecendo, até ser tarde demais. Sapo cozido.  
É apenas uma questão de fazer pouco a pouco, devagar.
[Stephenie Meyer in A hospedeira]

domingo, 25 de abril de 2010

Arrependimento

"Arrependimento é uma coisa engraçada. Você tenta fazer o melhor em sua vida para evitá-lo. Mas às vezes são as coisas mais difíceis da vida que nos ensinam mais e que nos fazem perguntar: se tivéssemos uma segunda chance, quantos de nós faríamos as coisas de um jeito diferente? Para alguns, o arrependimento é algo bom, que nos ajuda a deixar nossos medos para trás e seguir para o futuro. Para outros, é algo que nos permite reexplorar o passado. Na melhor das hipóteses, o arrependimento pode ser a causa de um recomeço. Onde qualquer coisa e tudo ainda são possíveis."


[Men In Trees - Episódio 2.10 Sonata in three parts]

sábado, 24 de abril de 2010

O meu amor

[...] E não há paisagem que seja mais linda do que o rosto do seu amor. Não há pôr-do-sol que valha desviar seu olhar do dela. Eu te amo. Eu também te amo. Eu te amo mais. Impossível. Eu te amo o mundo. Eu te amo o universo. Te amo tudo aquilo que não conhecemos. E eu te amo antes que tudo o que nós não conhecemos existisse. Eu te amo. Eu te amo. Eu te amo mais do que a mim.Já conheço os passos dessa estrada’... 
E, mesmo assim, estarei sempre pronto para esquecer aqueles que me levaram a um abismo. E mais uma vez amarei. E mais uma vez direi que nunca amei tanto em toda a minha vida.

[Fernanda Young]

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Dia Mundial do Livro


"Procurei em todo o universo o repouso e não o encontrei em mais parte nenhuma senão num canto com um livro."


[Pascal Quignard, in "As sombras errantes"]

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Não sei o que é



"Porque é estranho pra mim ter a impressão de sentir coisas que eu não quero sentir, é estranho olhar pro lado e achar que no resto do mundo já é primavera e que, só aqui, a estação não mudou. E o espelho já não me conta segredos que eu não sei, a minha cara é repetida todo dia, e os dias são todos iguais no final. Eu corro em busca do sonho que eu já não sei se tenho porque talvez eu tenha perdido no meio do caminho enquanto corria atrás do improvável.

E é impossível não sonhar com as cerquinhas brancas, a casa de campo, os labradores e as crianças felizes; mas é perfeitamente fácil de entender que o meu mundo sem você não é ódio, mas definitivamente não é amor."



[Rani Ghazzaoui]

Sobre minhas perdas


"Gosto das perdas que me tiram tudo. Pra sentar em mim, olhar ao redor, e ficar. Até redescobrir em mim força e possibilidades de recomeçar. Tudo que vivi já me ampliou os vãos de dentro, e tanto, que me sinto tão menor em mim. Mas, com espaços para crescer. Silêncio. Tudo que quero dizer está na ponta dos dedos."

[Cecília Braga]

Escolhas

 "Se eu aprendi alguma coisa na vida é que, as vezes, coisas entram no seu caminho e você tem uma escolha. Você pode enfrentá-las ou você pode adaptar-se e fugir, mas você tem que fazer um ou outro para seguir adiante."
 [Gossip Girl]

Para viver

Eu adio a morte vivendo, sofrendo, errando, arriscando, entregando, perdendo. 
[Anaïs Nin]

Foto: Taylor Momsen

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Quem sabe um dia


"Se houver um tempo de retorno, eu volto.
Subirei empurrando a alma com o meu sangue
por labirintos e paradoxos, até inundar novamente o coração.
Terei quem sabe o mesmo ardor de antigamente."

 [Lya Luft]

Aquele conselho


Sempre há alguém para dizer: 'agora que você começou, vá até o final'. Cabe a você saber aceitar a sabedoria deste conselho. 

[Paulo Coelho]

Tudo passa


"COISAS BELAS, coisas feias: o bom é que passam, PASSAM, PASSAM.  
Deixa passar."




[Caio Fernando Abreu]

Na essência...

Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância, já que viver é ser livre. Porque alguém disse e eu concordo, que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata, e que a vida sempre, SEMPRE CONTINUA.


[Simone de Beauvoir]

terça-feira, 20 de abril de 2010

Por que somos assim?

[...] Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais[...]
[Tati Bernardi]

Falta


"Eu sentia profunda falta de alguma coisa que não sabia o que era. 
Sabia só que doía, doía. Sem remédio. Existe sempre uma coisa ausente." 
[Caio Fernando Abreu]

"...Planejar a vida, ao contrário do que muitos pensam, não é uma forma de evitar emoção.
È uma forma de deixar a porta aberta para que ela não precise arrombar você..."

[Martha Medeiros- Sur-pre-sa!- Trem -bala]

Nossos jardins


"O que é que se encontra no início? O jardim ou o jardineiro? É o jardineiro. Havendo um jardineiro, mais cedo ou mais tarde um jardim aparecerá. Mas, havendo um jardim sem jardineiro, mais cedo ou mais tarde ele desaparecerá. O que é um jardineiro? Uma pessoa cujo pensamento está cheio de jardins. O que faz um jardim são os pensamentos do jardineiro. O que faz um povo são os pensamentos daqueles que o compõem."

[Rubem Alves]

Foto: Drew Barrymore como A Bela da Fera in Catálogo da Disney 2008 por Annie Leibovitz

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Reconhecendo


"Hoje de manhã eu acordei e fiquei olhando para tudo catatônica, um misto de susto com deslumbramento. Me dei conta de que essa é a pior e a melhor fase da minha vida. Eu nunca andei tão triste e nem tão feliz. Foi difícil enterrar tantos mortos e tantas rotinas, mas está sendo muito fácil viver dentro de mim."
[Tati Bernardi]

O coração

O coração da gente gosta de atenção. De cuidados cotidianos. De mimos repentinos. De ser alimentado com iguarias finas, como a beleza, o riso, o afeto. Gosta quando espalhamos os seus brinquedos no chão e sentamos com ele para brincar. E há momentos em que tudo o que ele precisa é que preparemos banhos de imersão na quietude para lavarmos, uma a uma, as partes que lhe doem. É que o levemos para revisitar, na memória, instantes ensolarados de amor capazes de ajudá-lo a mudar a freqüência do sentimento. Há momentos em que tudo o que precisa é que reservemos algum tempo a sós com ele para desapertá-lo com toda delicadeza possível. Coração precisa de espaço." 
[Ana Jacomo]

Nós


"Acho que, se esse ainda não é o caminho certo, pelo menos, é o mais bonito por enquanto... E o que me deixa mais inteira, a cada passo. E fico pensando enquanto avanço: eu amo construir a mesma estrada com você. Eu amo morar no teu abraço."

[Marla Queiroz]

AMOR É SÓ ALEGRIA E PRAZER?

Alcançar o amor talvez exija mais renúncia do que alegria pura. Nem sei se a felicidade pessoal é plenamente compatível com o amor. Mas acho que sim, no caso de amores verdadeiros. Eles existem. E crescem enquanto parecem diminuir... Por que ligar felicidade somente ao amor? Viver é feliz embora haja tanta infelicidade “pela” aí.

Assim como é necessária alguma crueldade para viver, assim como há sempre alguma agressão embrulhada em qualquer vitória, também a felicidade precisa de alguma inconseqüência. O amor por si, quando profundo, é repleto de "trágicos deveres". Por isso, o amor não está ligado exclusivamente a alegrias ou prazeres. Há outros valores em sua caixa de surpresas.

O amor é um sentimento também ligado à lucidez, à renúncia, à compreensão das contradições. O amor é sério demais para almejar apenas a felicidade permanente. Amar é ser capaz de viver um sentimento que se misture fundo com a vida, muitas vezes negue-se a si mesmo por momentos ou seja corriqueiro, mal percebido, sem grandeza, sem efeitos extraordinários, emoções particulares ou excitantes. Mas exista, resista e insista.

Aqui residem, pois, as complicações do amor. Só se torna visível quando ameaçado de acabar. Só é verdadeiramente dimensionado quando se supõe nada mais sentir. Está onde menos se espera. É profundo, vital, doador, independente de exaltações. Flui imperceptível, aparece ao sumir. Por isso,pessoas que se separam, mesmo livres uma da outra, sentem o vazio, da perda, um sentimento de possibilidade perdida. É preciso muito viver, muito desiludir-se, muito sentir, muito experimentar, muito perder, muito renunciar, para encontrar o próprio amor, guardado não se sabe em que dobra da gente, e muitas vezes nunca descoberto.

Morrer sem descobrir o próprio amor infelizmente é freqüente na espécie humana. E terrível! O que estamos fazendo com o amor que está em nós e diariamente trocamos por outras e supérfluas emoções prazenteiras, por felicidade inconseqüente, por alegrias passageiras, por entretenimento em vez de conhecimento? Sim, o que estamos a fazer? O quê? É melhor rapidamente você descobrir e transformar a própria vida (e a dos demais) em um ato de amor. Só assim será feliz: porque amor e felicidade só se unem na prática do bem, do perdão e da compreensão. O mais é passageiro, e fugaz, mesmo quando bota a máscara da paixão.

[Artur da Távola]

Por favor

Quero te conhecer menos, mexer menos em teus objetos, em tuas gavetas, em tuas roupas.
Que seja dispensado das cartas, do que levas na bolsa, de teus filmes prediletos, de teus diários, de teus pentes, de tuas jóias em estojo de diploma, de teu escapulário da primeira comunhão, de teus blusões em fila dupla, de teus varais com as roupas ao avesso, de tuas superstições de consultar as portas de noite, de tua fobia em atender telefone, de tua ânsia em me contar as novidades, de tua loucura em me agüentar, de tua sabedoria em me acalmar, de tua facilidade em se dividir com as amigas, de tua coleção de brincos quebrados, dos álbuns de fotografias em ordem cronológica, dos clipes emendados uns nos outros no computador, dos bilhetes amarelos na geladeira, de tua compulsão em comprar presentes, de tua mania de consultar o horóscopo, dos teus quindins, de tua mania em dormir enroscada, de salgar a comida um pouco mais do que se deveria.
Não me mande mais nada. Não me dê lembranças, músicas, poemas, sapatos, isqueiros, não quero juntar esmolas de tuas coisas, não quero fazer um santuário de tuas coisas, não quero encaixotar tuas coisas, não quero peregrinar as mãos em tuas coisas como se fosse tua mão esperando na mesa.
Minha mão ossuda depende de tua pele para respirar folgas.
Tiras proveito da consciência que vou formando de ti enquanto me desinformo do mundo.
Não desejo descobrir o que tocaste senão amarei muito mais do que se tivesse tocado.
Não me fales "gosto daquilo" que já estarei gostando junto. Evite comentários.
Não me digas "vamos naquele restaurante" que será mais um lugar para te esperar.
Não inventes deitar na grama no domingo que o sol grudará nos dentes.
Não narres aos ouvidos da cama o que podemos sentir.
Não ponhas trilha no celular, não troques as almofadas, não escolhas as toalhas e os lençóis, controla essa mania de se espalhar por tudo, de botar teu cheiro por dentro de minha boca 
Não ponhas trilha no celular, não troques as almofadas, não escolhas as toalhas e os lençóis, controla essa mania de se espalhar por tudo, de botar teu cheiro por dentro de minha boca.
Não abras mais o leite sem romper o lacre, não deixes a gaveta entreaberta, a torneira entreaberta, meu corpo entreaberto. Não reclames do que não fiz, que farei de novo para chamar tua atenção.
Não arrumes minha gravata, que me acostumarei a pedir conselhos. Não arrumes minha gola que o vento é mesmo enviesado.
Quero te conhecer menos para não sofrer depois tanto tua perda. Mas deveria ter dito isso antes. 

[Fabricio Carpinejar]

 

domingo, 18 de abril de 2010

Só depende de você

"De algum modo já aprendera que cada dia nunca era comum, ERA SEMPRE EXTRAORDINÁRIO. E que a ela cabia sofrer o dia ou ter prazer nele."

[Clarice Linspector in Uma aprendizagem ou O Livro dos prazeres]

Arriscando-me


"Sei, como sempre soube desde que tomei noção de minha existência baseada em vôos com horas marcadas para quedas, que vou me estabacar em pedaços mais uma vez. E sei que os juntarei novamente, me jurando preservação. E, assim que estiver inteira, estarei novamente cheia de vontade de sair dando encontrões com o mundo. "
[Tati Bernardi]

Quando lembro de você

"Sorríamos suaves, meio tolos, descendo juntos pelo elevador numa tarde que lembro de abril - esse é o mês dos dragões - dentro daquele clima de eternidade fluida que apenas os dragões, mas só às vezes, sabem transmitir. Por situações como essa, eu o amava. E o amo ainda, quem sabe mesmo agora, quem sabe mesmo sem saber direito o significado exato dessa palavra seca - amor. Se não o tempo todo, pelo menos enquanto lembro de momentos assim. Infelizmente, raros. A aspereza e avesso parecem ser mais constantes na natureza dos dragões do que a leveza e o direito. Mas queria falar de antes do cheiro. Havia outros sinais, já disse. Vagos, todos eles..."

[Caio Fernando Abreu]

Nessa vida


"...Não sei exatamente em que momento comecei a despertar.
Só sei que comecei a desejar menos entender de onde vim e a desejar mais
aprender a estar aqui a cada agora.
Só sei que descobri que a solidão é estar longe da própria alma.
Que ninguém pode nos ferir sem a nossa cumplicidade.
Que, sem que a gente perceba, estamos o tempo todo criando o que vivemos.
Que o nosso menor gesto toca toda a vida porque nada está separado. Que a fé é uma palavra curta que arrumamos para denominar essa amplidão que é o nosso próprio poder..." [Ana Jacomo]

Sinto falta de você

"Por mais que todas as terapias do mundo, todas as auto-ajudas do universo e todos os amigos experientes do planeta me digam que preciso definitivamente não precisar de você, minha alma grita aqui dentro que, por mais feliz que eu seja, a festa é sempre pela metade.
É você quem eu sempre busco com minha gargalhada alta, com a minha perdição humana em festejar porque é preciso festejar, com a minha solidão cansada de se enganar."
[Tati Bernardi]

Foto: Keira Knightle

Eu mesma


"... O maior obstáculo para eu ir adiante: eu mesma.
Tenho sido a maior dificuldade no meu caminho.
É com enorme esforço que consigo me sobrepor a mim mesma."

[Clarice Lispector in Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres]

Foto: Leighton Meester

Lembrança de um beijo

Quando a saudade invade o coração da gente
Pega a veia onde corria um grande amor
Não tem conversa nem cachaça que de jeito
Nem um amigo do peito que segure o chororô

[...]

O cabra pode ser valente
E chorar
Ter meio mundo de dinheiro
E chorar
Ser forte que nem sertanejo
E chorar
Só na lembrança de um beijo
Chorar

[Santanna in Lembrança de um beijo - Composição Accioly Neto ]

sexta-feira, 16 de abril de 2010

"O Dito dizia...

...que o certo era a gente estar sempre brabo de alegre, alegre por dentro, mesmo com tudo de ruim que acontecesse, alegre nas profundezas. 
Podia? 
Alegre era a gente viver devagarinho, muidinho, não se importando demais com coisa nenhuma."

[Guimarães Rosa]


[...] Este é o meu alimento: palavras para uma alma com fome.
Meu coração é minha razão.
Essa é a lógica que inventei pra mim. '

[Clarice Lispector]

Minha Fé

"Eu que nao sei de tantas coisas, continuo crente no que, pros outros parece incerto.
Eu que sempre fui tão imediatista e fugaz,
sento agora no cantinho mais confortável de mim,
sem aquele desespero do começo, pra esperar você.
Eu sei que você vem..."

[Rani Ghazzaou]

Quando você voltar

" Então os meu braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme só olhando você sem dizer nada, só olhando .. "

[Caio Fernando Abreu]


quinta-feira, 15 de abril de 2010

O amor e o ódio daquele que não te conhece, 
não pode te alterar!
[Fernanda Young]

Amor...


" [...]

É vento sutil e mar sem beira:
o amor é destino de quem está aberto,
e dói sem remissão quando negado.


O melhor amor sacia a fome inteira:
mas tem de ser aceito,
tem de ser ousado, tem de ser
navegado. "
[Lya Luft in Viagem]

Enquanto era feliz

"O homem que acreditava abriu todas as janelas para o dia azul brilhante. Respirou fundo, sorriu. Ficou pensando em quem poderia convidar para ir com ele ao País das Fadas. Alguém de que gostasse muito e também acreditasse. Sorriu ainda mais quando, sem esforço, lembrou de uma porção de gente. Esse convite agora está sempre nos olhos dele: quem acredita sabe encontrar. Não garanto que foi feliz para sempre, mas o sorriso dele era lindo quando pensou todas essas coisas — ah, disso eu não tenho a menor dúvida. E você?"


[Caio Fernando Abreu]

Uma vida


É necessário suportar a tristeza
para merecer a esperança.

Não subi com a maré.
Cortaram as pernas de meus olhos.


[Fabricio Carpinejar in: Livro de Visitas, 2005]

Emoções elásticas


"Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo. É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações."  
[Martha Medeiros]

Aquela dor


"Eu fico pensando que ninguém se cura de nada. Nunca. Que a dor são poros por onde transpira a escrita. Tudo sobra em mim. Ao mesmo tempo não há nada em mim, e nem ninguém. Eu sofro de nada, de ninguém."
[Clarah Averbuck]

Sobre a verdade


" O que é necessário compreender é que ninguém tem a verdade. Nós só damos palpites. No momento em que os indivíduos compreendem que suas verdades não passam de palpites, eles ficam mais tolerantes. E é gostoso conversar mansamente, cada um ouvindo honestamente o que os outros têm a dizer."

[Rubem Alves]

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Aprendi a lição

"Obrigada por abrir meu olhos. Eu sempre achei que avisar as pessoas do que eu sinto fosse me prevenir de mais decepções, mas eu percebi que só me deixa mais vulnerável.
Idiota fui eu, de acreditar cegamente em tudo. Obrigada por me deixar mais seletiva, mais fechada.
Seria ridículo culpar você por alguma coisa. O resultado óbvio de tudo o que eu fiz só podia ser isso.
Foi melhor que falar."

[Verônica H.]

Ser pessoa


'O desafio de ser pessoa'. O termo 'pessoa' sempre foi muito usado, principalmente pelos gregos. 'Pessoa', no contexto grego, significa a máscara que o ator usava para interpretar no teatro. Eu tenho que ser eu. Uma pessoa só pode ser pessoa, se ela é dona de si. Nós temos que tomar posse do que somos. Quantas coisas você possui e ainda não tomou posse? O amor é a capacidade de descobrir no outro o que ele ainda não viu que tem. É como se você tivesse uma grande propriedade e não tivesse a capacidade de andar por ela para demarcá-la, e não a conhece na totalidade. Mas aos poucos vai sendo dono daquilo que já é seu.Ser pessoa é ser dono de você mesmo, e saber lidar com seu jeito de ser, de amar, de sentir, de pensar, de ter suas limitações e saber o que você pode. Quantas vezes você se dispôs a ser o que não era, dizendo 'sim' onde era para dizer 'não'? Você não teve consciência do que não podia. 
[...] 
As pessoas que vivem preocupadas com as novelas da vida, se desgastam com pessoas que nem conhecem. Não é fácil compreender o território humano. Se investigar e conhecer o 'porquê' de algumas reações, o 'porquê' aquela raiva foi tão grande naquela hora, o 'porquê' eu explodi com aquela pessoa... É descobrir o 'porque' do afeto que tenho dentro de mim. Você deixa de ser explosiva demais quando toma posse do que é. Tudo isso porque você está em processo de construção. Deveríamos estar com placas dizendo: 'Estamos em obra, cuidado!' É o seu processo de 'feitura' de ser pessoa.
Não tenha preguiça de conhecer seu ‘território’ e saber quem você é realmente
Enquanto você viver haverá partes deste 'território' para conhecer. Tantas coisas nos foram entregues, mas se elas não vêm à tona, e nem as investigarmos, tudo o que temos dentro de nós fica sem uso. Quanta coisa preciosa você tem dentro de você e não sabe por quê fica só na superficialidade do conhecimento de si? Quando é que você sabe que uma pessoa se ama? Você só sabe que ela se ama quando ela se cuida, quando tem disciplina.

Todos os dias há alguma coisa para você ir atrás e descobrir



[Pe. Fábio de Melo]

Mágoas

"Mas depois de tanta mágoa eu tô vazando feito água
E não adianta fechar a torneira porque
as feridas vão continuar abertas..."

[Gabriel Pensador]

terça-feira, 13 de abril de 2010

...

Que bom que sou forte, que bom que suporto, que bom que sou criativo e até me divirto e descubro a gota de mel no meio do fel. Colei aquele “Eu Amo Você” no espelho. É pra mim mesmo.

[Caio Fernando Abreu]

Escolhas


"Porque entre o sim e o não é só um sopro, entre
o bom e o mau apenas um pensamento, entre a vida e a morte
só um leve sacudir de panos - e a poeira do tempo, com todo o
tempo que eu perdi, tudo recobre, tudo apaga, tudo torna tão
simples e tão indiferente."

[Lya Luft in O Silêncio dos Amantes]



;;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sentimentos Soltos

Template by:
Free Blog Templates